15

Pedido de casamento – Ingrid e Filiphe

Reparem no carretel de linha sobre a mesa.

22 de junho foi um dia especial para Ingrid (minha prima linda) e Filiphe. Depois de 7 anos de namoro, o Filiphe resolveu pedir a Ingrid em casamento no dia do aniversário dela. Muito bem acompanhado com um buquê de 29 rosas, para representar o dia do aniversário de namoro dos dois, Filiphe surpreendeu a todos com uma declaração pra lá de emocionada. Mas nada melhor que a mais nova noivinha dessa vila contando pra gente como tudo aconteceu:

“Eu jamais imaginava que o pedido ia acontecer naquele momento. Até porque ele fez uma surpresa totalmente diferente do normal. Ele estava todo estranho comigo, mas tudo fazia parte da armação. hehehe
Quando chegou o momento dos parabéns, ele pediu silêncio porque queria falar umas coisas. E começou dizendo que, como todos sabiam, ele tinha passado num concurso e ia ter muitos gastos, pois ia se mudar e que por esse motivo não ia me dar nenhum presente esse ano. Mas ele queria fazer uma homenagem.
Ele pegou uma linha que representava nosso relacionamento e amarrou no meu dedo. E disse que quando começamos éramos apenas duas crianças, e tínhamos que namorar escondido, pois os meus pais não admitiam. Mas, com o tempo, isso se tranformou em uma linda história de amor. Disse também que nem tudo foi só as mil maravilhas. Nesses 7 anos  juntos, nós havíamos passado por muitas dificuldades. Ele disse não saber se por imaturidade, orgulho ou ciúmes essas dificuldades aconteceram. E, com isso, muitas vezes essa linha se partiu ( e ele quebrou a linha). Mas ele nunca perdeu a certeza de que nossos corações estavam sempre juntos.
Naquele momento, ele disse que queria me oferecer outra linha (e pegou outra linha que estava escondida), e que, desta vez, era uma linha maior e mais forte (Ele estava nervoso e tremendo, e amarrou novamente a linha no meu dedo), para que, daqui para frente, as dificuldades que aparecerem não conseguissem de nenuma forma quebrar a linha, pois, a partir daquele dia, ela só iria crescer. Neste momento, então, ele levantou o carretel de linha e, como em um passe de mágica, uma aliança saiu e deslizou direto para o meu dedo!! Todos gritaram! Aí ele disse: ‘Diante do Seu Jorge [pai da noiva] e da Dona Vilani [mãe da noiva], quero pedir a mão da Ingrid em casamento’. E ele me entregou um buquê lindo com 29 rosas vermelhas, representando o dia que nós fazemos aniversário de namoro.
Minha mãe e meu pai quase tiveram um infarte (brincadeira, hehe..), minha irmã e meu irmão ficaram boquiabertos e todos que estavam lá também, inclusive eu. porém muito feliz. Foi aí que ele disse: ‘você ainda não respondeu, amor’. E eu, no mesmo momento, disse ACEIITO e dei um beijo pra selar o noivado. Depois, foi uma festa. Minha mãe disse: – Tu não manda na tua vida não, Ingrid. Todos riram, muitos se emocionaram, mas de alegria por nós dois.
Eu posso dizer que foi o presente mais bonito que eu poderia ganhar. Fiquei muito feliz e emocionada, adorei tudo: o momento, as rosas, a aliança, o que ele disse, e também a forma do pedido, que foi linda e muito criativa. Simplesmente perfeita a forma dele dizer que me ama e esse depoimento também é uma a forma de agradecer por tudo  e mostrar o quanto eu o amo!”

Ah! Eu quis morrer três vezes quando soube de tudo e não estava lá. Mas agora estou curtindo muito com ela e vendo todas as fotos dessa noite inesquecível de comemoração. Vejam que casal fofo, que romântica proposta e que alianças maravilhosas:

A noite da Ingrid e do Filiphe terminou do melhor jeito: agarradinhos ao som de um forró romântico! Linda demais a história desses dois. O amor merece ser comemorado todos os dias. E eu espero que a ideia do Filiphe sirva de inspiração para muitos apaixonados por aí.

Agora só falta desejar muitas felicidades aos dois e aguardar mais episódios dessa história de amor que já tem 7 anos, mas está só no começo. Parabéns ao mais novo casal rumo ao altar!

1

Felicidade de noiva – Ensaio com Paulo Figueiredo

Felicidade de noiva é acordar em um domingo frio, mas ensolarado e se deparar com as fotos do ensaio fotográfico mais lindo de todos os tempos. Claro que estou falando do meu! hahaha

No dia 22 de abril deste ano, um dia antes de completar 9 anos de namoro com meu Tiago, nos encontramos com o Paulo e a Suzana Figueiredo na ideia de conhecê-los, aproveitar a oportunidade para fazer uma e-session em São José dos Campos, onde atualmente vivemos e, em seguida, passear na encantadora Campos do Jordão. Incansável, o Paulo quase não parou de clicar nem para comer. Passamos um dia inteiro juntos em uma comemoração que, de fato, foi eternizada em lindas imagens.

Hoje, mais do que falar sobre as fotos em si, vim reforçar que fazer um ensaio é uma experiência única. E que, se bem conduzido, também pode ser divertido, engraçado, romântico, eterno. Resumindo: com técnica e sensibilidade é possível capturar a alma dos fotografados. E foi assim que me senti vendo o resultado das fotos que eu e Tiago fizemos em comemoração ao nosso começo de vida: 9 anos de namoro, preparação para o casamento e toda uma história pela frente que ainda vai ser escrita.

Quer ver mais? Quer sentir um pouquinho da nossa emoção?! Clica aqui, ó.

Um beijão, um “xêro” e um abraço apertadim pra semana já começar com muito amor e excelente energia.

1

Vídeo inspiração – Love Story

Meninas,

Meu noivo me mostrou uma Love Story linda toda feita em stop motion por um artista brasileiro chamado Joe Penna. O Joe vive em Los Angeles e faz tanto sucesso (por lá e por aqui) que já saiu até no Fantástico. Mas o vídeo que ele divulgou um dia antes do seu casamento é, pra mim, o mais lindo de todos! Vale muito a pena assistir e ver como é bacana associar o que você sabe e gosta de fazer aos momentos especiais da sua vida:

Lindo, não?! E se você parou de assistir quando ele começou a parte da explicação, volte. No finalzinho do vídeo ele indica outros relacionados ao casamento, como o do pedido.

 

 

0

Bride Style – Eu fui!

Meninas,

Fui sorteada e tive a oportunidade única de ir ao Bride Style, considerado o mais importante evento de moda noivas do calendário nacional, que já acontece há três anos em São Paulo. Lá pude conferir pessoalmente que a classificação é mais que merecida.

Tive também a chance de conhecer diversos profissionais que eu era fã de longe e ver o trabalho deles bem de pertinho. Dentre eles, a Fernanda Floret do mais completo blog sobre casamentos do Brasil, o Vestida de Noiva; Dani Messih e Bibi Barcellos, duas das estilistas responsáveis por vestir as noivas mais lindas de São Paulo (na minha opinião); Diana Cantídio, que desenvolve acessórios super românticos e personalizados; entre outros vários profissionais.

Passei por todos os lounges, provei docinhos diversos, bem casados, drinks maravilhos etc. Observei detalhes da decoração e mimos que fizeram a diferença na recepção de alguns fornecedores. Resumindo: curti ao máximo. E prometo tentar trazer um pouco de tudo isso que consegui registrar com meu olhar de noiva e, claro, com a minha opinião sobre tudinho.

Já adianto pra vocês que amei. Semana que vem, aos pouquinhos, eu vou trazendo o meu registro. Aposto que também vão amar. Vamos combinar que eu tô chique, hein?! Rs.

Um xêro da noivinha feliz!

2

Pedido de Casamento/ Música Inspiração

Já ouviram a música “Pra sonhar” do Marcelo Jeneci?! Ela já é incrível sozinha, mas servindo como fundo musical de um pedido de casamento se tornou ainda mais especial!!! Ia até me dar “folga” do blog esse final de semana, mas pensei: “Que bela forma de começar o sábado”! Vale muito o clique…

Pra Sonhar – Marcelo Jeneci

Quando te vi passar fiquei paralisado
Tremi até o chão como um terremoto no Japão
Um vento, um tufão
Uma batedeira sem botão
Foi assim viu
Me vi na sua mão

Perdi a hora de voltar para o trabalho
Voltei pra casa e disse adeus pra tudo que eu conquistei
Mil coisas eu deixei
Só pra te falar
Largo tudo

Se a gente se casar domingo
Na praia, no sol, no mar
Ou num navio a navegar
Num avião a decolar
Indo sem data pra voltar
Toda de branco no altar
Quem vai sorrir?
Quem vai chorar?
Ave maria, sei que há
Uma história pra sonhar
Pra sonhar

O que era sonho se tornou realidade
De pouco em pouco a gente foi erguendo o nosso próprio trem,
Nossa Jerusalém,
Nosso mundo, nosso carrossel
Vai e vem vai
E não para nunca mais

De tanto não parar a gente chegou lá
Do outro lado da montanha onde tudo começou
Quando sua voz falou:
Pra onde você quiser eu vou
Largo tudo

Se a gente se casar domingo
Na praia, no sol, no mar
Ou num navio a navegar
Num avião a decolar
Indo sem data pra voltar
Toda de branco no altar
Quem vai sorrir?
Quem vai chorar?
Ave maria, sei que há
Uma história pra contar

Domingo
Na praia, no sol, no mar
Ou num navio a navegar
Num avião a decolar
Indo sem data pra voltar
Toda de branco no altar
Quem vai sorrir?
Quem vai chorar?
Ave maria, sei que há
Uma história pra contar
Pra contar

Vídeo oficial pra curtir a música de novo e “pra sonhar” com imagens lindas, lindas, lindas…